CONFIRA

Com jogadores do basquete, judô, futebol de 7, atletas da base, do remo...

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Raio-X Liga Sul-Americana de Basquete 2012


Nesta terça-feira, dia 27 de novembro, o Flamengo continua no Ginásio do Pinheiros sua jornada pelo bicampeonato da Liga Sul-Americana de Basquete. A equipe rubro-negra comandada por José Neto enfrentará uma sequencia pesada e complicada de jogos nesta segunda fase, os jogos serão: Brasília (dia 27), Pinheiros (dia 28) e Tiburones de Vargas-VEN (dia 29).

Flamengo:
O super-capacitado elenco rubro-negro não poderá contar com a presença de seu capitão e referência Marcelinho Machado, que sofreu uma entorse no joelho na partida de estreia do NBB no último dia 24. Marcelinho fará falta, mas o elenco tem peças para suprir a ausência do cestinha, Marquinhos deve assumir a função de definidor e cestinha do time na competição. O elenco de apoio também será muito importante. O garrafão que vinha sendo problema em jogos mais importantes foi reforçado e Shilton e Olivinha, maiores reboteiros da história do NBB que se aliam ao pivô da seleção brasileira, Caio Torres
terá seu primeiro grande teste. Além do jogo interno no garrafão a nova filosofia de jogo implementada por Neto também terá seu primeiro grande teste.

Adversários:

Brasília – O primeiro adversário do Flamengo na competição é um velho conhecido e uma pedra no sapato nos últimos anos. Sem maiores novidades, o Brasília manteve a base tricampeã do NBB e o tecnico Vidal. A chave para vencer Brasília está no jogo agressivo. O Flamengo este ano pode continuar com um quinteto inicial inferior ao brasiliense, talvez pelo entrosamento, mas o banco rubro-negro consegue suprir as necessidades com mais qualidade do que o de Brasília.

Destaque: Entrosamento
Ponto fraco: Baixa rotatividade

Pinheiros – O adversário seguinte é o outro brasileiro do grupo e dono da casa. A equipe paulista se reformulou bastante do ano passado para este. Manteve peças importantes como o ala americano Shammel e o pivô Morro e trouxe peças novas como o ala-pivô, André Bambu. A equipe de Pinheiros é forte, porém não deve apresentar muito resistência ao Flamengo.

Destaque: Comprometimento com o jogo
Ponto fraco: Falta de referência

Tiburones de Vargas-VEN – O último adversário do Flamengo na segunda fase é a equipe venezuelana. A equipe conta com um elenco quase todo venezuelano, o último adversário deve oferecer menos resistência ao time rubro-negro, mas deve vir com a tradicional garra latina e não deve facilitar muito as coisas para a equipe rubro-negra que tem que estar ligada, pois não se pode dar mole, afinal apenas o primeiro colocado avançará para a próxima fase.

Destaque: Garra
Ponto fraco: Falta de experiência

1 comentários:

Rogerio disse...

vamos lá garotada levantar o mengão em 2013.

AGENDA

SEJA SÓCIO!

ACESSE

TWITTER

SIGA-NOS

VOTE

+ DA SEMANA

VISUALIZAÇÕES DO BLOG

Entre em contato: iflamengonews@gmail.com