CONFIRA

Com jogadores do basquete, judô, futebol de 7, atletas da base, do remo...

domingo, 16 de junho de 2013

Remo | É CAMPEÃO! Na base da Raça, Flamengo conquista a terceira Regata do Campeonato Estadual de Remo


Uma regata de tirar o fôlego. Assim podemos definir a 3ª regata do Campeonato Estadual de Remo. Com o programa de provas divididos em dois dias, sábado e domingo, a terceira etapa do Estadual, viu novamente apresentações dos remadores com altissimo nível. Botafogo e Flamengo brigaram ponto a ponto pelo título, que no final, veio pra Gávea, decidido na última prova. Confira como foi:

As competições da 3ª regata começaram no sábado, na Lagoa Rodrigo de Freitas. Duas provas foram disputadas antes de todas as outras, devido a convocação de remadores de Flamengo e Botafogo para a Etapa da Copa do Mundo, em Londres. Como eles teriam que viajar, a federação decidiu adiantar as provas do 2 Sem e 4 Sem Peso Leve Sub 23 Masculino, disputada apenas por barcos do Rubro-Negro e do Alvinegro, que não coincidentemente, brigaram ponto a ponto pelo título.

Desde o início, já era de se esperar que a disputa seria acirrada. O Botafogo conquistou as duas primeiras regatas do Estadual, deixando o Flamengo com as duas pratas, mas, pelo outro lado, o Rubro-Negro, 38 vezes campeão estadual, queria reagir, vencer a regata, pra se manter vivo na disputa geral do Estadual, e consequentemente, permanecer vivo na esperança do penta-campeonato estadual consecutivo. Flamengo e Botafogo seriam as duas únicas agremiações a terem barcos inscritos em todas as 12 provas da 3ª etapa e inclusive, em 4 das provas, competiriam apenas entre si. Um fator extra-água 'favorecia' o Botafogo: Na semana anterior, o Flamengo havia demitido seu principal técnico do Remo, Marcos Amorim, que conquistou 8 títulos estaduais em 10 anos na Gávea. O motivo seria o projeto da diretoria Rubro-Negra de diminuir os gastos em todas as modalidades. Vendo que seu principal rival estaria de certa forma abalado, o Botafogo venceu as duas provas do sábado: No 2 Sem Peso Leve, prata para o Flamengo, e no 4 Sem Peso Leve, prata e bronze. A equipe alvinegra largava com 8 pontos de vantagem no primeiro dia de competições.

Logo cedo, no domingo, as 9h da manhã, as equipes voltaram pra Lagoa Rodrigo de Freitas, que recebia uma bela presença do sol, abrilhantando ainda mais o Rio de Janeiro que continua lindo. Porém, a situação estava linda mesmo era para o Botafogo, que venceu a primeira prova do dia, o 4 Com Junior A, abriu ainda mais vantagem e mostrou que ia rumo ao título. Mas, o sol começou a mudar de lado a partir da segunda prova do dia: Dobradinha Rubro-Negra no Double Skiff Aspirante Feminino; Ouro e prata para o Mengão, deixando o Botafogo em terceiro e o Vasco em quarto. Na sequência, o Botafofo voltou a levar a melhor: No Four Skiff Aspirante Masculino, o Vasco venceu, mas o Botafogo ficou com a prata, levando vantagem sobre o Fla, que ficou fora do pódio. Mas a vantagem acabava aí! Na quarta prova do dia, nova vitória do Vasco, mas, a situação se inverteu, o Fla ganhou seu lugar no pódio e o Botafogo ficou fora,

Com metade das provas disputadas, a diferença de pontos caiu pra 8 e o Flamengo viu que dava pra brigar pelo título. Com um estímulo a mais, as meninas do Double Skiff Junior foram pra água e voltaram com um excepcional resultado: Nova dobradinha Rubro-Negra. E pra melhorar, o Bronze foi do Vasco; Botafogo fora do pódio. O Flamengo estava vivo na disputa. O clube da estrela solitária atémtentou abrir mais a vantagem de pontos, conquistando uma prata no Single Skiff Masculino Sub-23, prova onde o Fla não conquistou medalha, mas, logo em seguida, a vantagem foi embora de vez: Vitória do Flamengo no Four Skiff Junior A Masculino e regata empatada em pontos a 3 provas do fim

E na base da Raça, veio o título. Na ante-penultima prova, vitória do clube da Gávea. No double-skiff Sub-23, o barco Rubro-Negro foi o primeiro a cruzar a linha de chegada e o Flamengo assumiu a liderança na pontuação. Dali em diante, era questão de tempo pra reencontrar o título de uma regata. Na penultima prova a diferença aumentou: vitória do Vasco no Four Skiff Master Masculino; Prata para o Flamengo e Bronze para o Botafogo. Faltava apenas uma prova pra conquista: o 8 Com Junior Masculino definiria o campeão. Ao fim da prova, um susto: O Botafogo cruzou a linha de chegada em primeiro. Mas, na sequência, a comemoração. Medalha de prata na prova para o Flamengo e título garantido. Com 79 pontos, 2 a mais que o rival Botafogo, o Flamengo reencontrou o título  de uma regata estadual. Aos gritos de 'o campeão voltou', o Flamengo levantou os troféus de premiação da regata. Foram apenas duas sem vencer, mas já estávamos com saudade. E viva o trecho do hino: "É o meu maior prazer, vê-lo brilhar, seja na terra, seja no mar!" 

No geral do campeonato estadual, o Botafogo é o lider com 245 pontos, contra 206 do Fla. A próxima regata acontecerá no dia 25 de agosto e o time Rubro-Negro vai com tudo pra brigar pelo troféu da 4ª etapa e pra diminuir a diferença no geral. Antes disso, nesta semana, Fabiana Beltrame e João Pedro Kubit competem em Londres, pela 3ª regata da Copa do Mundo de Remo. Fabiana já foi campeã mundial no ano de 2011, na prova do Single Skiff Peso Leve. Estaremos na torcida pelos nossos brilhantes atletas. Vamos Flamengo! Campeão de terra e mar!

0 comentários:

AGENDA

SEJA SÓCIO!

ACESSE

TWITTER

SIGA-NOS

VOTE

+ DA SEMANA

VISUALIZAÇÕES DO BLOG

Entre em contato: iflamengonews@gmail.com